samuel cirnansck de la riva

Samuel Cirnansck é sempre Samuel Cirnansck e ser sempre quem se é não é lá tarefa muito fácil de desenvolver. Luxo, glamour e volumes são pra quem sabe fazer e  acontecer. E Samuel, a seu jeito, sabe. Mesmo quando o assunto é Cuba.

samuel2

Com Aleida Averhoff de la Riva pra se inspirar e Mariana de la Riva pra desfilar, Cirnansck foi até Havana para costurar alfaiatarias bem justinhas e curtinhas (tipo bolerinhos, peça pra gente ficar bem de olho no próximo verão, já que apareceram bastante nas propostas para a próxima estação, no masculino do Herchcovitch inclusive), saias lápis, volumes, volumes e volumes, recortes, recortes e recortes.

Aos anos 40 e ao tema navy  coube o contraste masculino/feminino, representado pelos tecidos e formas de alfaiataria (masculino) e pelos embabadados volumes femininos.  Marinho com listras brancas e amarelões formaram a cartela do primeiro bloco, mais tailleurs e cockteil dresses, ou seja, mais usável para eventos além grandes tapetes (ou casamentos). Os volumes, claro, não se extinguiram, mas se localizaram no quadril e em detalhes nos decotes e nas mangas (no ombro estruturado mais especificamente, tendência e objeto fashion de desejo desde agora – culpa da Bailmain). A saia e o bolero de paétes brilham, muuuito, e, confesso, fazem nossos olhinhos brilharem também.

No segundo bloco, vestidõõõões longos, em tons pastel, com trabalhadas pregas no corpo e esvoaçantes camadas na saia são arrematadas por cintinhos de couro na mesma cor, arrematando, então, a apresentacão (e Samuel a si mesmo). E como nos bons desfilões de couture (flerte explícito de Cirnansck), Bárbara Berger entra em bela noiva de estruturado corpo em cetim nude (ahãm!) e saia fluida terminada em cauda, para, ao final, fechar uma fila das versões comerciais de tudo o que foi desfilado, numa demonstração prática e que põe em prova como funciona o processo de criação em moda: desfile é desfile, arara é arara.

E assim, todo trabalhado na latinidade, Samuel tempera e encerra seu verão na penúltima apresentação desta semana da moda de brasilidades.

Tags: , , 22.06.2009 - 23:02 | Postado por Cristina Categorias: moda e consultoria 6 Comentários

Comentários

6 comentários para "samuel cirnansck de la riva"

  • Ana Paula Pedras disse:

    23 de 06 de 2009 às 08:50

    Foi o desfile que eu mais amei!!!!! Fiquei com vontade de ter um tapete vermelho pra usar tudo!!!!! Esse amarelo ficou super bem colocado! Lindo…
    Amei muito!
    Quero esse bolerinho brilhoso já!!!!

  • ana disse:

    23 de 06 de 2009 às 09:59

    esse corpo anoréxico da berger tá assustador

  • patricia disse:

    23 de 06 de 2009 às 23:37

    comidinhas para a Barbara, ne? E a Marinoca ficou linda, mas com o vestido menos “passarela” de todos, ne???
    eu adorei os longos.. de sonhar, avemaria! bjs!

  • Anna Kuhl disse:

    24 de 06 de 2009 às 21:07

    Marina de la Riva é tudo, líndissima ! Mal vejo a hora de chegar o verão pra me jogar nesse tendência latina, que tá uma delícia. E os longos líndissimo, dá-lhe formatura e casamento !

  • vitoria disse:

    09 de 03 de 2011 às 16:42

    Detestei tudo ,gente…me desculpem …que excesso de informação ,que coisa latina ,que mistureba estranha…eu não usaria nada disso..não tem simetria ,harmonia e muito menos elegancia …não tem classe ,não tem gancho com nada …ahhh é feio, vai…

  • vitoria disse:

    09 de 03 de 2011 às 16:45

    Parece com as roupas de um casamento mexicano que fui no Texas…vai me desculpar!

Deixe seu comentário

Conecte-se através de uma de suas contas ou preencha seus dados abaixo!