FAÇA VOCÊ MESMA: ESTAMPANDO EM CASA

Estampar em casa é um sonho por um milhão de motivos. Primeiro que você pode customizar uma peça lisa e adicionar um toque de interessância que é só seu, exclusivo e exatamente do seu jeito. Segundo que dá para reproduzir aquela estampa que você mesma fez ou viu na revista e que não acha de jeito nenhum. Dá para pegar a estampa de uma peça e usar em outra… Um mundo de possibilidades. A ideia desse post é dar uma luz para quem quer fazer essas pequenas customizações caseiras de uma forma bem feitinha.

Método transfer e ferro quente
O jeito mais fácil de estampar em casa envolve papel transfer e ferro bem quente (pelando mesmo). O transfer é um papelzinho que você compra em papelarias, tipo a Kalunga. Você pode desenhar a sua estampa em cima do papel, colocar sobre a peça e passar o ferro. O desenho precisa ser espelhado, ou seja, na posição inversa da que você quer que apareça, tipo quando a gente escreve no espelho. Se habilidades artísticas passam longe da sua pessoa, vale decalcar ou mesmo imprimir a imagem no transfer em vez de desenhar.

Caso escolha imprimir, é preciso ter um cuidadinho: se usar impressora a laser a estampa tem uma durabilidade maior. Se usar impressora tipo jato de tinta, dura menos. As meninas das fotos usaram o método do transfer para fazer peças inspiradas na Miu Miu!

Essa técnica funciona super bem com imagens localizadas, tipo a estampa da Miu Miu. Mas, se a sua ideia é imprimir uma imagem única tomando uma grande extensão da peça, saiba que não vai ficar tão legal e o resultado pode ser uma vibe metaleiro do colegial ou fã clube da Menina Isabela. Isso porque a desvantagem do transfer é que ele deixa o ponto onde foi aplicado um pouco durinho. Quando usado para estampar pequenas áreas fica lindo, mas uma fotona imensa bem no meio da camiseta não fica exatamente chique quando impressa dessa forma.

Método canetinha para tecido
Sabe aquelas canetinhas para tecido que as mães às vezes usam para identificar qual peça é de cada filho? Você pode usá-las para fazer desenhos nas roupas. De novo, se a pessoa se garante no desenho, pode fazer à mão livre, mas as mortais também se viram. Pegue uma superfície durinha, como uma radiografia, por exemplo, decalque sua estampa em cima, corte com estilete e use como forma para pintar só o preenchimento.

Stêncil manual
O stêncil manual usa o mesmo princípio da canetinha: você deve fazer uma tela para servir como forma, mas, em vez de usar a canetinha, vai usar tinta spray ou tinta para tecido, ambas vendidas em lojinha para artesanato. Pega a tinta, passa no rolinho, aplica no tecido. Simples assim. Cuidado para não colocar tinta em excesso, melhor passar um pouquinho, esperar secar, passar outro pouquinho e esperar secar, até ficar do jeito que você quer.

Viu só que não é difícil? Se estiver insegura, testa antes em uma camisetona velha e se joga. O que não vale é aposentar uma peça antes do tempo só porque cansou da cara dela. Muda de cara, ué. Se Larissa Riquelme pode, suas roupas também podem.

Tags: , , 30.09.2010 - 00:49 | Postado por Juliana Cunha Categorias: na vida real 37 Comentários

Comentários

37 comentários para "FAÇA VOCÊ MESMA: ESTAMPANDO EM CASA"

  • Jean Jaimmesson disse:

    30 de 09 de 2010 às 01:09

    Eu chorei de emoção com esse post Fê!!

    Mais do que ninguém eu sei como é difícil encontrar uma peça com uma estampa bacana. E eu amo estampas demais!!
    Quando eu vou em loja de menina, as peças nunca cabem porque eu sou maior que a forma feminina. Quando é em loja de menino, parece que todo mundo foge das estampas ou são aquelas coisas meio “surfista wannabe”. E convenhamos, as estampas femininas são tão mais bonitinhassss.

    Eu vou usar demais essas técnicas e colocar as minhas habilidadesss para funcionar, vamos ver se consigo, né?
    Imagina todo mundo arrasando nos macaquinhos da Dona Prada, já tô desejando.

    Post maravilhoso.
    Beijos
    =D

  • Dri Afonso disse:

    30 de 09 de 2010 às 03:01

    Oi querida.
    Adorei vir aqui.
    Vim te convidar para visitar e aproveitar e participar da promoção do meu blog.
    http://chatadescarpin.blogspot.com/2010/09/qual-sua-maior-fashion-loucura.html
    Espero que curta!
    bjs

  • Carol-Alfinetes de Morango disse:

    30 de 09 de 2010 às 03:24

    Minhas prendas são O. Pessima em fazer otima pra dar palpite rsrs. Bjos

  • Inspiração Fashion disse:

    30 de 09 de 2010 às 09:33

    Ótima dica, adoro acrescentar personalidade na peça! Em peças prontas muitas vezes é complicado de achar uma que seja nossa cara! Com certeza muitas meninas vão aproveitar a dica ;) Beijoss

  • Leticia disse:

    30 de 09 de 2010 às 10:02

    “silk scream ou serigrafia”? Silk screen (tela de seda e não grito de seda) é sinônimo de serigrafia, mas stencil é outro processo completamente. A serigrafia é um processo fotográfico, mas complicado que requer uma dose boa de equipamento especializado.

    Pra fazer stencil é legal comprar nas casas de artesanato uma “cola permantente” que você passa na radiografia ou cartão que vai recortar e fica grudento pra sempre – ajuda a não vazar tinta nas bordas do desenho. Passa a cola na parte que vai ficar em contato com o tecido, o stêncil fica grudadinho no tecido, não mexe e fica bem mais fácil de pintar.

  • Tatiana disse:

    30 de 09 de 2010 às 12:31

    Meninas,

    faz tempo o Glauco fez um post dando uma dica ótima. Um site (www.spoonflower.com) que fabrica tecidos com as estampas que você mandar. Tem vários tipos de tecido e você ainda pode usar a estampa de outras pessoas. Para quem não é muito prendada, pode ser a solução.

  • Leila disse:

    30 de 09 de 2010 às 14:52

    Muito legal a idéia!! Adorei o post!! Precisamos colocar nosso lado artístico pra funcionar e nada melhor do que deixar nossas roupas com a nossa cara (mais ainda…rs)!!

  • catia disse:

    30 de 09 de 2010 às 15:21

    oi! só corrige aí no texto que stencil NÂO é a mesma coisa que silk scream ou serigrafia. nesse link eles explicam vários processos de impressão, dá uma olhada. ;)
    http://www.tecnologiadoglobo.com/2009/07/tecnologias-reproducao-grafica/

    • catia disse:

      30 de 09 de 2010 às 15:25

      a explicação do stencil nesse site tá meio estranha, a de vocês tá melhor pra fazer isso de estampar roupas em casa…

  • juliana disse:

    30 de 09 de 2010 às 15:38

    Oi gente, acho que me expressei mal. Segundo o professor de produção gráfica do Senac que eu entrevistei para fazer a matéria, stêncil é um dos nomes da serigrafia manual, que é essa que a gente ensina no post. Serigrafia industrial é outro processo mesmo, bem mais complicado e impossível de ser reproduzido em casa.

    No entanto, o stêncil é o avô da serigrafia. O professor disse, inclusive, que esse método era usado no oriente, nas primeiras impressões em tecido e também na França, quando a galere queria roupa estampada, mas faltava recurso para bordar um vestidão inteiro.

    Beijos.

    • catia disse:

      30 de 09 de 2010 às 15:46

      até da pra fazer em casa, mas tem que comprar uns materiais especificos, o que complica bastante. nesse vídeo eles explicam direitinho http://www.youtube.com/watch?v=Ee_8IMx0uMo
      mas se for pra fazer silk é em casa é bem mais facil madar fazer a tela e fazer só a impressão em casa, aí só precisa comprar a tinta. mas só vale a pena se você for fazer várias impressões, porque encomendar a tela e comprar a tinta pra imprimir uma misera estampa em só uma camiseta vai ser jogar dinheiro fora… aí nesse caso o stencil é melhor

  • Nara disse:

    30 de 09 de 2010 às 15:58

    Que dica ótima!!

    Será que é fácil achar o transfer em papelarias? TEm algum site com modelos de estampas para a gente se inspirar??

    bjs

    http://www.minhacatwalk.com

    • juliana disse:

      30 de 09 de 2010 às 16:27

      Oi Nara,

      Costuma ser bem fácil achar transfer em papelaria, a gente até linkou no post o site da Kalunga, que vende esse material.
      Sobre a inspiração, deixamos como sugestão a estampinha da Miu Miu. Outro lugar fácil de encontrar imagens boas para estampa é no Google. Uma dica é especificar na busca de imagens que você quer “Line drawing”, daí só vem desenho simples, não vem fotos.

  • Cris disse:

    30 de 09 de 2010 às 17:33

    Adoro customizar!!! A peça fica super original!!!!
    Bjooosss

    Acessórios da moda em http://www.mimoseachadosdacris.blogspot.com
    Já estão disponíveis os acessórios com rendas, laços e flores!!!Ainda tem PROMOÇÃO!!!

  • Chanel ta vendo disse:

    30 de 09 de 2010 às 21:54

    Linda ideia! dá toda uma personalidade e exclusividade a roupa.

  • Mari disse:

    30 de 09 de 2010 às 22:21

    Adorei a dica!!!

  • Talita disse:

    01 de 10 de 2010 às 10:54

    E a Juliana segue super bem aqui no Oficina ^^
    O post me deixou com vontade de tentar!!

  • Carol disse:

    07 de 10 de 2010 às 13:57

    Ameei sua dica de estampar em casa… e amei seu blog também… Se você puder, dá uma passadinha no meu, eu fiz a pouco tempo e estou tentando divulgar: http://itgirlsnamoda.blogspot.com/
    Obrigada & Parabéns pelo blog!

  • lya disse:

    08 de 10 de 2010 às 20:20

    vou colar umtransfer em uma camisa mas o desenho é grande como faço para não estragar a peça?

  • Gisella disse:

    08 de 10 de 2010 às 20:45

    Gurias!
    Primeiramente parabéns pelo blog, que está cada dia melhor!
    Então, esta sessão “faça você mesmo” me fez lembrar um outro blog que figura entre os principais dos meus favoritos o http://fashioncoolture.wordpress.com/ que é da Flávia e do Felipe e que quase semanalmente tem a sessão “reciclando” onde eles pegam uma peça vintage pela qual eu não daria nada e com ajustes quase sempre manuais e feitos em casa mesmo dão uma nova cara para a peça,
    Acho que vale a dica pq o reciclando desta semana foi c uma peça de uns 30 anos e ficou fantástico o look

    Beijos queridas

  • Lidia disse:

    13 de 10 de 2010 às 18:23

    Fiz um vestido com estampa miu miu e mostro passo a passo http://atopetuda.blogspot.com/2010/09/miu-miu-inspiration.html. Ficou muito egal!

  • Blake Bona disse:

    18 de 11 de 2010 às 20:04

    I thought it was going to be some boring old post, but it really compensated for my time. I will post a link to this page on my blog. I am sure my visitors will find that very useful.

  • Eloisa Helena Sala Cossich disse:

    28 de 02 de 2012 às 14:31

    adoro artesanato e tudo que é relacionado adorei

  • Kyu disse:

    23 de 04 de 2012 às 22:32

    entao… otimo post, mas eu queria saber se alguem jah testou… pq vi em outros sites q nao tem como fazer com ferro de passar roupa.
    estou no aguardo.

  • Danie disse:

    16 de 07 de 2012 às 17:10

    Olá

    Eu gostaria de saber se eu imprimi a imagem no processo transfer e ferro quente em jato de tinta qual seria a durabilidade dessa estampa ????]

    Muito grato

  • Iasmin disse:

    21 de 07 de 2012 às 11:36

    Oi,
    tava sabendo desse papel a um tempo já, mas nunca tentei e pá. Estou pensando em comprar esse papel, e tentar escrever algo (espelhado, é claro)… Aí eu ia precisar comprar que “caneta especial” pra escrever e ficar que se encontra facilmente em papelarias?

  • Flávia disse:

    18 de 09 de 2012 às 13:24

    Amei a postagem, nos dá várias idéias.

  • Angela Dias disse:

    22 de 01 de 2013 às 14:51

    Olá, gostei muito da materia e queria saber mais sob transfer e queria saber informações como aprender.

    grata

  • José Adolfo Nimtz Ventura disse:

    31 de 01 de 2013 às 10:40

    Gostaria de receber via e-mail se puder, um curso de estampar camiseta usando transfer para camisetas de algodão, poliester e mista de algodão e poliester, nas cores branca, claras ou escuras e usando tinta sublimática ou pigmentada.( não encontrei esse curso em nenhum lugar, nem no estado SP, nem na internet) .
    Esclareço que tenho uma máquina de estampar compacta print e uma impressora epson tx 133.
    nimtzventura@globo.com
    Antecipadamente agradeço.

    José Adolfo Nimtz Ventura

  • Antonica Neto disse:

    08 de 02 de 2013 às 05:05

    ola,gostei do vosso blog e das dicas dadas aqui.
    onde posso comprar as canetinhas para roupa ou as tintas para tescido?
    obrigada

  • gostei! disse:

    02 de 04 de 2013 às 20:17

    Gostei muito da sua ideia,grata;

  • sarah disse:

    11 de 04 de 2013 às 19:08

    esperava coisas melhores me decpionei

  • SOLANGE PEREIRA BIATO VIEIRA disse:

    14 de 04 de 2013 às 09:07

    preciso de obter todas informações sobre como trabalhar em casa preciso muito desta ajuda,desde já agradeço

  • Paula disse:

    15 de 01 de 2014 às 19:54

    Amei essa ideia, muito prática!
    Que tipo de material pode ser usado para desenhar no papel transfer?

  • marcia geovana disse:

    28 de 01 de 2014 às 21:44

    estou precisando de tecnico para maquina de estampar será q/ pode me ajudar? atenciosamente

Deixe seu comentário

Conecte-se através de uma de suas contas ou preencha seus dados abaixo!